Projeto Educativo-Cultural

A proposta da APBC para o trabalho de sala de aula, ou seja, nas aulas de Português como Língua de Herança, é que as crianças desenvolvam ao máximo suas competências para interagir em ambientes brasileiros. Trata-se não só de usar a língua, mas de conhecer a cultura, costumes e hábitos do Brasil e dos brasileiros residentes em outras partes do mundo.

Isso implica trabalhar num ambiente de grande heterogeneidade: como a língua é usada também em casa e no cotidiano dessas crianças, e não só na sala de aula, o quanto cada uma sabe e fala depende muito do contexto individual. Na Catalunha, há ao menos outras duas línguas em uso: o espanhol e o catalão. E, às vezes, há uma quarta língua presente na família. Essa realidade é levada em consideração também nas aulas e as crianças são convidadas a explorar e traçar paralelos entre os diferentes eixos da sua identidade.

Neste momento de encontro em grupo, nossas professoras propõem atividades para os menores que resgatam e reinventam a cultura da infância: cantigas de roda, brincadeiras populares, contação de histórias, muitas vezes com a participação dos pais. Os maiores exploram ainda a leitura, a escrita e a produção de conteúdos. A cada curso, é escolhido um eixo temático para todos os grupos, como exemplos as regiões do Brasil, ciências, olimpíadas e teatro são alguns dos que já foram trabalhados.

As aulas são um momento de troca e interação entre estas crianças de origem brasileira, conduzidas por um referente diferente do pai ou da mãe: nossas maravilhosas professoras, que enriquecem o universo de brasilidade dos alunos e apoiam as famílias no trabalho já feito dentro de casa.

Turma 1 – Botos (2 a 4 anos)

Como as crianças desta idade ainda estão aprendendo a se expressar e nossos encontros são semanais, decidimos trazer os pais e mães para sala de aula para potencializar o trabalho da professora. Tem música, tem brincadeira, tem o lanchinho, tem mãos sujas de tintas e pés descalços. E tem muito colo para quem precisar.

As atividades são pensadas para os pequenos, mas a aula é também para os adultos: há espaço para falar de amamentação, como tirar a fralda, dúvidas sobre aquisição de linguagem e o que mais aparecer. Tudo em português!

Queremos que esse convívio extrapole os espaços da APBC.

Activitats de l´Associação de Pais de Brasileirinhos na Catalunha, Centre Cívic Parc Sandaru, Barcelona 5.03.2016 Foto PERE VIRGILI

Turma 2 – Tatus (4 a 5 anos)

Nesta turma, as crianças já conseguem contar episódios de sua vida ou histórias com começo, meio e fim em alguma das línguas de seu repertório.

As aulas continuam com brincadeiras, histórias e músicas, mas as regras e enredos vão ficando mais complexos e o tempo de concentração nas atividades, cada vez maior.

Os temas conversados se ampliam e as crianças são convidadas a se expressar de várias maneiras, ampliando sua comunicação em português através de desenhos e outras atividades artísticas, construindo objetos, recontando histórias apresentadas pela professora, cantando músicas do folclore brasileiro e contrastando os elementos de cultura do Brasil e da Espanha.

20160611_120742

Turma 3 – Onças Pintadas (5 a 7 anos)

Na turma das Onças, as crianças já iniciaram o trabalho de alfabetização na escola e estão cada vez mais familiarizadas com a leitura e escrita.

A partir dos conhecimentos que elas já têm em castelhano e catalão, a professora conduz o aprendizado para que se tornem capazes de ler e escrever também em português. Para isso, utiliza princípios da linguística contrastiva, ou seja, compara as formas escritas de palavras em castelhano, catalão e português, como em “Cataluña-Catalunya-Catalunha”. As atividades são apresentadas em diferentes níveis de dificuldade, de acordo com o desenvolvimento do aluno.

 

Activitats de l´Associação de Pais de Brasileirinhos na Catalunha, Centre Cívic Parc Sandaru, Barcelona 5.03.2016 Foto PERE VIRGILI

Turma 4 – Araras Azuis (7 A 13 anos)

Nesta idade, as crianças já têm um maior domínio da leitura e da escrita, habilidades que serão utilizadas em propostas de educomunicação. Ou seja: os alunos se tornam protagonistas e irão explorar a produção de conteúdos orais e escritos em sala de aula.

As Araras produziram, por exemplo, a Rádio Pequenos Repórteres, cujos programas foram emitidos no programa “Con Más Brasil» da Radio Universidad de Salamanca em 2015. Também são trabalhados formatos como a entrevista, o jornal, a carta, entre outros, e em diversas situações eles são encorajados e interagir com os adultos da APBC.

20160611_120742

ENTRE EM CONTATO

Tire suas dúvidas, responderemos suas perguntas o quanto antes