Associação de Pais de Brasileirinhos na Catalunha

Apresentação

O que é a APBC
Descobrindo o Brasil na Catalunha

A Associação de Pais de Brasileirinhos na Catalunha foi fundada por um grupo de quatro famílias em Barcelona, em 2009, com a ideia de formar um grupo de aulas de português para crianças e realizar encontros relacionados ao Brasil para as famílias.

De lá pra cá muita coisa aconteceu. Hoje, somos mais de 55 famílias associadas e temos cinco grupos de aulas de Português como Língua de Herança para crianças de 2 a 12 anos em funcionamento. Quatro são em Barcelona e um, em Canet de Mar.

A isso, somam-se muitos, muitos eventos, quase um ao mês: Carnaval, Páscoa, Dia do Índio, Dia do Português como Língua de Herança, Festa Junina, Dia das Crianças, Dia da Consciência Negra, Natal e também celebrações locais, como o Halloween ou a Fes-te del Barri organizados pelo Centre Cívic Parc Sandaru, espaço da prefeitura de Barcelona que acolhe nossas atividades.

Como associação da sociedade civil, sem fins lucrativos, estamos registrados como pessoa jurídica no Departamento de Justiça da Generalitat de Catalunya. Dispomos de um Estatuto e de uma Diretoria, atualmente composta por três membros (Presidente, Tesoureiro, Secretário), responsáveis legalmente por sua administração. A Diretoria é eleita pelos sócios em Assembleia e o período de gestão não deve ultrapassar três anos. Os membros da Diretoria não são pagos por exercer seus cargos e realizam este trabalho de forma voluntária.

Boa parte do trabalho feito pela APBC é realizado de forma voluntária pelos sócios e por alguns colaboradores. Um exemplo é nossa biblioteca, com mais de 500 livros infantis e juvenis, que funciona aos sábados em nosso horário de atendimento ao público.

Adoramos colocar novas ideias relacionadas a Brasil e ao universo infantil em prática – e também conversar sobre isso com outras instituições que trabalham com Português como Língua de Herança mundo afora. Se você tiver alguma sugestão ou quiser colaborar conosco, é só nos escrever nos contatos.

Dúvidas frequentes

Mensalidades e anuidades

Objetivos da APBC

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.

Quem somos

As pessoas que fazem a associação acontecer

Priscilla Braghittoni

Presidente

Adriana Ortolá

Professora do grupo Araras Azuis
Adriana é de São Paulo e é mãe de dois adolescentes. Descendente de japoneses, aprendeu japonês como língua de herança quando pequena e, já adulta, chegou a morar no Japão por alguns anos, onde teve que fazer valer o que havia aprendido do idioma no Brasil. Hoje divide essas experiências e continua apendendo com os pais e crianças da turma dos Botos.

Edinha Galvão

Professora do grupo Onças Pintadas
Edinha é arte-educadora, nasceu em Curitiba e mora em Barcelona desde 2012. Tem formação em Artes Plásticas e se mudou pra Catalunha para estudar Arte e Ação Social na escola Massana – e por aqui ficou. Trabalha como professora há 30 anos, tendo começado com Educação Infantil, numa experiência que se ampliou para alfabetização, projetos educativos em hospitais e como professora de Artes Visuais.

Andreia Moroni

Professora do grupo Tatus
Natural de Campinas (SP), Andreia é mãe do Mateo, 12, e da Sofia, 9. Foi uma das sócias fundadoras da APBC. Editora e tradutora, por conta da Associação se enveredou num doutorado em que estuda o Português como Língua de Herança na APBC, feito na Unicamp (Brasil) e na Universitat de Barcelona. Acaba de embarcar na maravilhosa aventura de ser professora.

Michelle Soares

Professora do grupo Botos
Michelle é jornalista e trabalha como professora da APBC desde 2010. Atuou em diversas ONGs e, com seus alunos, desenvolve projetos de Educomunicação. É mãe da Valentina, 1.

Juliana Azevedo Gomes

Professora
Juliana é de Porto Alegre (RS). Formada em Pedagogia e Administração, adora a sala de aula, mas tem talentos secretos de gestão. É membro e fundadora do Elo Europeu de Educadores de Português como Língua de Herança e faz doutorado na Universitat de Barcelona sobre Didática para ensino de PLH.

Edilaine Aguiar

Coordenadora da Comissão de Eventos
Edilaine é sócia fundadora da APBC e uma das principais responsáveis pela solidez e desenvolvimento da instituição. Foi Vice-Presidente da primeira gestão e Presidente entre 2011-2015. Continua a nos acompanhar com sua incrível energia e simpatia ajudando a organizar os eventos realizados pela APBC.

Ana Beatriz Moreno

Coordenadora da Comissão de Biblioteca
Ana é a responsável por organizar nossos esforços para receber, selecionar, catalogar e organizar os livros da biblioteca de modo que eles possam ser levados para casa por cada um da APBC. Ela também é mãe da Nathalie, 9, e da Lena, 1, e está sempre precisando de uma ajudinha para manter o bom funcionamento da biblioteca.

Tatiana Pitanga

Dinamizadora de Voluntariado
Tatiana é mãe do Gael, doutora em Sociologia e apaixonada por iniciativas colaborativas e participativas. Se você quer ajudar a APBC a fazer e acontecer, por favor, pode falar com ela e ela irá descobrir a melhor maneira de utilizar seus talentos!

Projeto Educativo-Cultural

A proposta da APBC para o trabalho de sala de aula, ou seja, nas aulas de Português como Língua de Herança, é que as crianças desenvolvam ao máximo suas competências para interagir em ambientes brasileiros. Trata-se não só de usar a língua, mas de conhecer a cultura, costumes e hábitos do Brasil e dos brasileiros residentes em outras partes do mundo.

Isso implica em trabalhar num ambiente de grande heterogeneidade: como a língua é usada também em casa e no cotidiano dessas crianças, e não só na sala de aula, o quanto cada uma sabe e fala depende muito do contexto individual. Na Catalunha, há ao menos outras duas línguas em uso: o espanhol e o catalão. E, às vezes, há uma quarta língua presente na família. Essa realidade é levada em consideração também nas aulas e as crianças são convidadas a explorar e traçar paralelos entre os diferentes eixos de sua identidade.

Neste momento de encontro em grupo, nossas professoras propõem para os menores atividades que resgatam e reinventam a cultura da infância: cantigas de roda, brincadeiras populares, contação de histórias, muitas vezes com a participação dos pais. Os maiores exploram ainda a leitura e a escrita e produção de conteúdos. A cada curso, é escolhido um eixo temático para todos os grupos: Regiões do Brasil, Ciências, Olimpíadas e Teatro são alguns dos que já foram trabalhados.

As aulas são um momento de troca e interação entre estas crianças de origem brasileira, conduzidas por um referente diferente do pai ou da mãe: nossas maravilhosas professoras, que enriquecem o universo de brasilidade dos alunos e apoiam as famílias no trabalho já feito dentro de casa.

Turma 1 – Botos (2 a 4 anos)

Professora Michelle Soares

Como as crianças desta idade ainda estão aprendendo a se expressar e nossos encontros são semanais, decidimos trazer os pais e mães para sala de aula para potencializar o trabalho da professora. Tem música, tem brincadeira, tem o lanchinho, tem mãos sujas de tintas e pés descalços. E tem muito colo para quem precisar.

As atividades são pensadas para os pequenos, mas a aula é também para os adultos: há espaço para falar de amamentação, como tirar a fralda, dúvidas sobre aquisição de linguagem e o que mais aparecer. Em português.

Queremos que esse convívio extrapole os espaços da APBC.

Turma 2 – Tatus (4 a 5 anos)

Professora Andreia Moroni

Nesta turma, as crianças já conseguem contar episódios de sua vida ou histórias com começo, meio e fim em alguma das línguas de seu repertório.

As aulas continuam com brincadeiras, histórias e músicas, mas as regras e enredos vão ficando mais complexos e o tempo de concentração nas atividades, cada vez maior.

Os temas conversados se ampliam e as crianças são convidadas a se expressar de várias maneiras, ampliando sua comunicação em português através de desenhos e outras atividades artísticas, construindo objetos, recontando histórias apresentadas pela professora, cantando músicas do folclore brasileiro e contrastando os elementos de cultura do Brasil e da Espanha.

Turma 3 – Onças Pintadas (5 a 7 anos)

Professora Edinha Galvão

Na turma das Onças, as crianças já iniciaram o trabalho de alfabetização na escola e estão cada vez mais familiarizadas com a leitura e escrita.

A partir dos conhecimentos que elas já têm em castelhano e catalão, a professora conduz o aprendizado para que se tornem capazes de ler e escrever também em português. Para isso, utiliza princípios da linguística contrastiva, ou seja, compara as formas escritas de palavras em castelhano, catalão e português, como em “Cataluña-Catalunya-Catalunha”. As atividades são apresentadas em diferentes níveis de dificuldade, de acordo com o desenvolvimento do aluno.

Turma 4 – Araras Azuis (7 a 12 anos)

Professora Adriana Ortolá

Nesta idade, as crianças já têm um maior domínio da leitura e da escrita, habilidades que serão utilizadas em propostas de educomunicação. Ou seja: os alunos se tornam protagonistas e irão explorar a produção de conteúdos orais e escritos em sala de aula.

As Araras produziram, por exemplo, a Rádio Pequenos Repórteres, cujos programas foram emitidos no programa Con Más Brasil da Radio Universidad de Salamanca em 2015. Também são trabalhados formatos como a entrevista, o jornal, a carta, entre outros, e em diversas situações eles são encorajados e interagir com os adultos da APBC.

Nossa biblioteca

A biblioteca da APBC dispõe de um acervo de mais de 500 livros em português, a maioria de literatura infantil e juvenil, embora haja alguns livros para adultos e livros didáticos. Se você é sócio da APBC, pode retirar até três obras e ficar com elas o tempo que quiser.

Em Barcelona, a biblioteca funciona aos sábados pela manhã no escritório da APBC, no 2º andar do Centre Cívic Parc Sandaru. Às sexta-feiras à tarde, o acervo de Canet de Mar está aberto ao público.

Ao retirar seus livros, não esqueça de passar pela mesa dos bibliotecários para que eles anotem quais livros você vai levar pra casa.

PAIS: POR FAVOR, ACOMPANHEM SEUS FILHOS ENQUANTO ELES ESCOLHEM OS LIVROS. Os livros e as caixas são numerados e dá um trabalhão manter tudo no lugar certo!

DEVOLUÇÕES: A cada sábado, você encontrará a caixa de DEVOLUÇÕES sobre a mesa da biblioteca. Basta deixar os livros a serem devolvidos ali e daremos baixa no empréstimo.

Confira abaixo os títulos disponíveis.

Depoimentos

Últimas notícias

Parcerias

Apoio: 

A APBC foi comtemplada com o Prêmio Ponto de Memória 2014. Este site e uma série de outras ações foram realizados com os recursos do prêmio.

O Centre Cívic Parc Sandaru, da rede de centros cívicos da prefeitura de Barcelona, cede as salas de aula e um escritório para que a APBC realize sua atividades em Barcelona.

O Centre Cívic Vil.la Flora, em Canet de Mar, cede o espaço para as aulas de Português como Língua de Herança do grupo Sacis.

 

Parcerias:

Capoeira Brasil – Mestre Pingo

Realiza aulas de capoeira em português para toda a família gingar junto dentro da programação do CC Parc Sandaru.

As inscrições são trimestrais e feitas diretamente no centro cívico.

 

 

 

Tribo Verde e Amarela – Aulas de português como língua de herança em Sant Joan Despí

A APBC apoia a formação e o primeiro ano de atividades deste novo grupo na região de Barcelona dividindo sua experiência em questões administrativas e pedagógicas e também com recursos financeiros do Prêmio Ponto de Memória.

Entre em contato

Tire suas dúvidas, responderemos suas perguntas o quanto antes